Na Segunda-Feira, dia 1 de julho, a Comissão Internacional de Avaliação de Brémia para a União Europeia (International Bremia Evaluation Board for the EU (IBEB-EU)) designou oficialmente uma nova raça de Brémia, a Bl:36EU, na alface. Vários testes efetuados à gama de alface da Bejo demonstraram que as nossas variedades comerciais resistentes à Bl:16-35EU são também resistentes à Brémia Bl:16-36EU.

A Brémia, também conhecida como míldio (Bremia lactucae), é uma das doenças mais destrutivas da alface. Assim sendo, é importante para os produtores utilizarem variedades de alface resistentes a este patógeno.
 
Gerhard Voelkel, o Responsável de Culturas da Bejo para a alface, afirma: “Estamos contentes que todas as nossas variedades de alface resistentes à Bl:16-35EU são também resistentes à Bl:16-36EU. A nossa gama de Iceberg, Batávia, Butterhead e Babyleaf, em geral, demonstram fortes resistências. Vamos continuar a criação visando as melhores resistências possíveis à Brémia como foco principal para a próxima geração de variedades de alface.”